Mato Grosso,
Sábado,
16 de Outubro de 2021
informe o texto a ser procurado

Artigos / Omar Maluf

19/04/2021 | 15:36 - Atualizado em 19/04/2021 | 15:47

Investimentos na construção civil não podem parar

Com ou sem a pandemia a construção civil não pode parar. A afirmação vem diante da imensa responsabilidade do setor frente a sua histórica contribuição nos desenvolvimentos econômico e social do país. Novamente os mato-grossenses e a nação como um todo precisam se empenhar para que possamos vencer juntos mais esta etapa desafiadora.  Mais que antes precisamos criar novos postos de trabalho, ampliar a renda, ofertar unidades habitacionais para suprir a demanda em  seus diversos padrões econômicos e fazer girar novamente nossa economia. A saúde pede socorro, e justamente fortalecer nossas atividades e segmentos fazem parte de um sistema de sustentação público ou privado.
Não é fácil nesse momento custear tanto ônus diante da triste realidade que coloca milhares de vidas na UTI, mas, precisamos dar apoio a todos que necessitam, seja um leito, emprego, alimentos ou mesmo esperança. Esses itens só são possíveis diante de muito empenho e trabalho. Por isso reafirmo não podem os parar. Ao olhar bem rápido pelo retrovisor visualizamos que mesmo com a pandemia no ano passado, a construção civil apresentou uma das maiores geradoras de empregos formais  no Brasil, foram mais de  108,5 mil novos postos de trabalho, sendo assim atravessou a pandemia com desempenho melhor do que em 2019.
Entre os fatores de contribuição estavam o aumento do crédito habitacional, com recursos da caderneta de poupança, com 58% de crescimento em 2020. Essa forte tração, no entanto, perdeu um pouco o ritmo em 2021, a própria Câmara Brasileira da Indústria da Construção Civil (CBIC), se posicionou  com uma a expectativa de um crescimento de 4% do setor. Mas, esse dado esta sendo revisto ainda neste mês de abril. Em minha avaliação não há espaço para frear investimentos. O motivo é que precisamos continuar, essa onda ruim vai passar. E quando terminar, desejo que seja breve, o setor estará mais uma vez pujante, servindo quem o abastece, a sociedade vencedora desta fase que já entrou  para a nossa  história. 
Neste contexto, reafirmo, que o Grupo São Benedito jamais fechou os olhos para as mazelas atuais, nem para seus colaboradores, clientes, parceiros  e a sociedade como um todo. Fazemos questão de levar nossos valores a todos, com ações de responsabilidade social, dentro e fora de nossas empresas, nossa sensibilidade e respeito são reforçados diante de  percalços enfrentados muitas vezes por nossos funcionários. Afinal, todos somos vulneráveis a  esta pandemia. E se não recuamos em atender com humanidade nossos semelhantes, também não iremos retroceder em manter o crescimento empresarial. 
Não por menos, somos uma marca forte, com muito trabalho e coragem para  sempre seguir adiante conquistamos uma posição da qual nos empenhamos para manter; somos uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste, em geração de emprego, em entregas ao mercado imobiliário de alto padrão, em empreendimentos de alta qualidade. E assim reiteramos a continuidade de quem acredita na superação, na vitória, na ciência, no crescimento e na vida. Vamos juntos seguir adiante, existe um futuro próspero da qual faremos parte. E ações são mais importantes que palavras, por isso estamos agindo, o Grupo não recuou e segue com pesados investimentos na construção civil em Cuiabá. Como anunciamos no ano passado, estamos imbuídos em manter nossos lançamentos previstos, a retomada do crescimento agora. 
Omar Maluf

Omar Maluf

 CEO Grupo São Benedito
ver artigos

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Assista Ao Vivo
 
Sitevip Internet