Mato Grosso,
Sexta-feira,
19 de Agosto de 2022
informe o texto a ser procurado

Artigos / Douglas Araujo Silva

11/02/2022 | 10:16

Chapada dos Guimarães terra de oportunidades na pandemia

De janeiro de 2020 até o presente momento vivenciamos o mais desafiador período da nossa sociedade moderna, sentimentos como medo, raiva, dúvida e os constantes isolamentos afetaram o cotidiano da população. A pandemia gerou muitas incertezas, e as autoridades passaram a preocupar-se com a saúde mental das pessoas, algumas reações comuns foram objeto de estudos e acompanhadas de diversas dicas de bem-estar nos mais distintos setores governamentais para o enfrentamento da problemática no período crítico. 

      Neste espaço de tempo muito se ouviu sobre fazer atividades relaxantes como meditar, escutar música, fazer esportes, assistir filmes, ler livros, fazer cursos online, ou mesmo, buscar ajuda profissional. Tudo isso já é difícil de enfrentar enquanto adulto, agora imagine você ter crianças em casa, tua vida quase voltando ao normal e dos seus filhos não. Haja meditação ou onde refugiar-se.

       Nos dois anos de pandemia as famílias buscaram locais que proporcionassem maior conforto, mais liberdade e um pouco de diversão para fugir da dura realidade. Os locais turísticos foram os mais procurados em todo o Brasil e, assim, consequentemente Chapada dos Guimarães foi o destino preferido das famílias mato-grossenses.

       A demanda pela cidade explodiu, muitas das atividades relaxantes e orientadas pelos órgãos de saúde foram cumpridas pelas famílias no alto da serra. Assim o comércio local foi surpreendido com a quantidade de pessoas para atender, a especulação imobiliária explodiu e até hoje dificilmente encontra-se casa para locação ou compra na cidade, nunca surgiram tantos condomínios ao mesmo tempo, os terrenos dobraram de preço em questão de meses e a cidade segue seu fluxo de crescimento.

         O sonho de muitos cuiabanos está se concretizando, alguns possíveis imediatamente e outros, a maioria, ainda sendo realizados com pelo menos a compra de um pedacinho de terra na mais cobiçada cidade de Mato Grosso. 

        A pandemia transformou Chapada dos Guimarães na terra de oportunidades, se momentânea ou definitiva, ainda é cedo para afirmar, o que se busca agora é a gritante necessidade de investimento no turismo, ou decolamos agora ou perdemos mais uma oportunidade. Próximos aos mirantes e penhascos alguns sonhos já estão sendo realizados, como o meu caso particular. Em dezembro de 2016 inaugurei uma pequena loja de chocolates, a Villa do Chocolate, que proporcionou cumprir esse sonho e morar na serra mais desejada do estado. 

        Aos sonhadores, resistimos e lutamos, acreditamos que a qualidade de vida vivenciada pelas famílias mato-grossenses no período de pandemia seja viva no seu cotidiano, se por aqui muitos meditaram, escutaram música, fizeram esportes, leram livros e se divertiram, tenhamos esperança, acreditando que a transformação chegou, e agora é para ficar. Sejam bem-vindos, Chapada dos Guimarães está de braços abertos a curar-te ou manter a tua saúde mental. Sejamos gratos e esperançosos com os novos tempos que prometem transformar a serra.
Douglas Araujo Silva

Douglas Araujo Silva

Empreendedor da Villa do Chocolate e Arauera Consultoria. Turismólogo, Tecnólogo em Marketing e especialista em gestão de negócios e marketing. Diretor de Marketing CDL Chapada dos Guimarães e Presidente do Fumtur - Fundo Municipal de Turismo
ver artigos
 
Assista Ao Vivo
 
Sitevip Internet