Mato Grosso,
Sábado,
16 de Outubro de 2021
informe o texto a ser procurado

Notícias / Cidades

12/10/2021 | 06:21

Pecuaristas denunciam instalação de cerca elétrica na Baía de Chacororé e risco à tradição pantaneira

Redação TV Mais News


Foto: Adelson Leverger/Baixada Cuiabana
 
Pequenos pecuaristas e moradores de comunidades das zonas rurais de Barão de Melgaço (126 km de Cuiabá) e Santo Antônio de Leverger (34 km de Cuiabá) realizaram uma manifestação na última sexta-feira (8) contra a instalação de uma cerca elétrica na Baía de Chacororé. Com aproximadamente 3 quilômetros, a estrutura está cruzando ao meio a Área de Preservação Ambiental Permanente (APP) do Pantanal. 

Em uma tradição secular, há pelo menos 150 anos os pantaneiros que moram nas proximidades da área inundável da região, criam gado de forma colaborativa na Baía, que tem cerca de 8 mil quilômetros quadrados de área. Durante a cheia, a região se transforma em um grande lago, com profundidade média de dois metros.

Quando as águas começam a baixar, são formadas lagoas que servem de bebedouro para o gado, e a pastagem que se transforma na principal fonte de alimento para os animais, tudo isso em meio a um cenário silvestre, com presença de outros animais nativos do Pantanal, que é conhecida pela sua riqueza de flora e fauna.



“Os moradores do entorno criam os seus animais ali no período de seca, livremente, todo mundo junto, respeitando a preservação do meio ambiente e não fazendo nenhuma interferência nesse meio ambiente. Agora, está entrando gente de fora, se aproveitando dessa seca extrema que a Bahia vive e cercando, colocando cerca dentro da Bahia”, explicou ao Olhar Direto, Rômulo Queiroz (PV), presidente da Câmara de Santo Antônio de Leverger. 




Fonte: OLHARDIRETO
 
Assista Ao Vivo
 
Sitevip Internet