Mato Grosso,
Sexta-feira,
24 de Junho de 2022
informe o texto a ser procurado

Notícias / Polícia

19/05/2022 | 19:33

MPF pede confisco de apartamento de luxo, carrões e bolsas de grife; lista

Redação TV Mais News

Foto: Reprodução
 
 
O Ministério Público Federal (MPF) pediu para que a Justiça determine o perdimento dos bens dos envolvidos na Operação Descobrimento. A solicitação consta na denúncia feita pelo órgão ministerial, que também requereu a condenação de 14 pessoas, entre elas o empresário Rowles Magalhães Pereira da Silva, o ex-secretário de Ciências e Tecnologia, Nilton Borges Borgatto, e a doleira Nelma Mitsue Penasso Kodama.
 
A denúncia é assinada pelos procuradores da República, Auristela Oliveira Reis, Roberto D'Oliveira Vieira, Robert Rigobert Lucht e Carlos Vítor de Oliveira Pires. Entre os bens que o MPF pede o perdimento, ou seja, quando o bem é retirado em definitivo do proprietário, está um apartamento no edifício Royal President, avaliado em R$ 2 milhões, que não teve o titular informado pelo Ministério Público.
 
Também foi pedido o perdimento de uma Toyota Hilux, de Nilton Borgatto, uma Land Rover Evoque, de Ricardo Agostinho, uma Mercedes Benz GLC, de Marcos Paulo Barbosa Lopes, dois imóveis no nome de Joelma de Moraes Gomes Girotto, além de outros dois imóveis, onde o titular do mesmo não foi informado pelo MPF. Estes bens estavam na lista formalizada pelo órgão ministerial a título de confisco subsidiário.
 
O MPF também requereu o perdimento de diversos bens apreendidos durante a deflagração da Operação Descobrimento, no dia 19 de abril deste ano. Na ocasião, foram apreendidos veículos dinheiro em várias moedas, itens de luxo como bolsas, relógios, colares e lenços de grife, além de pedras preciosas, como diamantes.
 
Os itens encontrados pela Polícia Federal e que o MPF pediu perdimento com Nilton Borgatto foram dois Honda Civic, pedras preciosas, além de R$ 29,3 mil e US$ 4 mil, que estavam em posse do ex-secretário. Em um endereço vinculado a Rowles Magalhães, foram encontrados R$ 85 mil. Com Marcos Paulo Barbosa Lopes, o Papito, a PF encontrou uma Mercedes Benz GLC, uma Land Rover Discovery, além de uma moto BMW R 1250 e um Fiat Cronos.
 
Com Joelma de Moraes Gomes Girotto, a PF encontrou e o MPF pediu o perdimento, um Hyundai Tucson, 1.455 euros, um Jaguar E-Pace, 32 bolsas de luxo, dois relógios de luxo, além de lenços de grife. Com Richard Rodrigues Consentino, a Polícia encontrou R$ 9,4 mil e com a doleira Nelma Kodama, foram apreendidos colares e peças de luxo.
 
Na residência de Milena Maria Felosini Coelho, em São Paulo, foram encontrados 20 mil (moeda não especificada, 600 em moeda não especificada, 1.250 libras esterlinas, R$ 1,3 mil, além de uma Land Rover Discovery. Com Edson Carvalho Sales dos Santos, a PF apreendeu dois relógios e com Dilson Borges dos Santos, foram apreendidos 5 mil dólares e R$ 17,6 mil. Em um endereço no condomínio Belvedere II, em São Paulo, foi apreendida também uma Land Rover Discovery.
 
Todos estes itens apreendidos tiveram seu perdimento solicitado pelo MPF. O órgão ministerial solicitou ainda o perdimento de um crédito de R$ 300 mil depositado em favor da pessoa jurídica AR Alves Com. e Serviços e Móveis. O valor foi transferido em 4 remessas por Fernando Gabriel Padilla de Borbon Neves a pedido de Rowles Magalhães.
 
 
 
 
Fonte: FOLHAMAX

 
 
Assista Ao Vivo
 
Sitevip Internet