Mato Grosso,
Terça-feira,
21 de Maio de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias / Agronegócios

07/12/2017 | 12:39

Status de Zona Livre da Aftosa em estados vizinhos deve valorizar rebanho de MT

Olhar Direto

Status de Zona Livre da Aftosa em estados vizinhos deve valorizar rebanho de MT

Foto: Reprodução

O status de Zona Livre de Febre Aftosa pelos estados do Amazonas e Amapá e entrega do certificado de Zona de Proteção ao Pará, deverão valorizar o rebanho bovino de mato Grosso e fortalecer as exportações brasileiras, segundo o senador Wellington Fagundes (PR-MT). A consquista foi concedido pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi. A expectativa agora é de que a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) faça o reconhecimento internacional da condição sanitária desses Estados amazônicos até maio do ano que vem.
Membro da Comissão de Agricultura do Senado Federal, Fagundes esteve nos estados amazônicos, onde  destacou o trabalho que vem sendo implementado no Senado para melhoria da segurança na agropecuária brasileira. Ele é o relator do Projeto de Lei 4/2017, que estabelece a Política Nacional de Gestão de Riscos Agropecuários, na qual se inclui a questão do combate à aftosa no campo da sanidade animal.
 
Esse projeto foi apresentado a partir de relatório da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária 1/2017, referente à Avaliação da Política Pública de Seguro Rural em 2016, desenvolvida pelo Poder Executivo, da qual o senador Wellington também foi relator.  A proposta define ações e instrumentos para a Política Nacional de Gestão de Riscos Agropecuários, e tem como objetivo de estimular o aumento da produção para garantia do abastecimento interno e das exportações.
 
"Precisamos avançar na redução dos riscos, entre os quais estão as variáveis biológicas, como pragas e doenças. Com isso, vamos induzir o aumento da produtividade e o emprego de tecnologias adequadas, além de sistematizar a atuação do Estado para que os diversos segmentos do agronegócio possam planejar suas ações e investimentos em médio e longo prazos" – salientou.
 
Em Belém (PA), o senador participou da reunião do Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária (Cobravet-2017).  Na ocasião, foi agraciado com a Ordem do Mérito da Medicina Veterinária Brasileira, outorgado pela Sociedade Brasileira de Medicina Veterinária, que homenageia personalidades, nacionais e internacionais, que com o seu trabalho, inteligência ou ação política tenham contribuído para o desenvolvimento da pecuária, sanidade animal, inspeção e tecnologia de alimentos, pesquisa, ensino, meio ambiente, saúde pública e demais atividades da veterinária brasileira e mundial.

Durante o evento, o senador de Mato Grosso fez questão de destacar o trabalho da bancada de senadores dos Estados amazônicos. Segundo ele, existe uma forte convergência de interesses em vários segmentos, tais como a infraestrutura logística e de incentivos públicos. "São questões que exigem uma boa articulação, que segue avançando. Tudo que beneficia a Amazônia brasileira, beneficia Mato Grosso" - salientou.
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Assista Ao Vivo
 
Sitevip Internet