Mato Grosso,
Quarta-feira,
19 de Junho de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias / Cuiabá 300 anos

27/03/2019 | 13:20 - Atualizada em 27/03/2019 | 13:36

Liceu Cuiabano, primeira Escola Estadual da capital formou diversas personalidades

Redação Geiseane Lemes

Liceu Cuiabano, primeira Escola Estadual da capital formou diversas personalidades

Foto: Reprodução

Localizado na região central de Cuiabá, a escola estadual liceu cuiabano faz parte da história da capital. Por muitos anos, os pais tinham que enfrentar longas filas para conseguir uma vaga. O interesse da sociedade na unidade escolar continua devido a referência no ensino e importância histórica. 
O nome liceu e definido como estabelecimento no qual é ministrado o ensino médio e/ou profissionalizante.

História

O antigo Colégio Estadual de Mato Grosso, inaugurado em 1879, foi a primeira instituição de ensino público do estado, criado para atender a elite cuiabana. Seu primeiro prédio foi na Praça Ipiranga, onde funciona o Ganha Tempo, passando para o Palácio da Instrução e pelo prédio dos Correios, no Centro. Em 1944 ganhou uma sede própria onde funciona até hoje no bairro Quilombo.
Colégio Estadual de Mato Grosso – Reprodução Colégio Estadual de Mato Grosso – Reprodução

A criação do prédio em 1944 foi iniciativa do interventor do Estado Júlio Strübing Muller. Junto com outras obras significativas para o Estado, construídas pelo então engenheiro Cássio Veiga de Sá, foi erguida a sede própria do então Colégio Estadual de Mato Grosso. Mais tarde com o decreto 480, de 29 março de 1976, passou a denominar-se Escola Estadual de 1° e 2° Graus.

Personalidades

Na escola já estudaram muitas personalidades históricas, como o marechal Cândido Mariano da Silva Rondon e os ex-governadores Aecim Tocantins, Carlos Bezerra, Júlio Campos, Dante Martins de Oliveira, ex-senador Antero Paes de Barros e Pedro Taques.

São ex-professores da unidade escolar: Isaac Póvoas, Cesário Neto, Nilo Póvoas e outras personalidades da história de Cuiabá. 

Outro personagem histórico que passou pela escola foi o padre Firmo Pinto Duarte. Diretor nos anos 1966 e 1967, sua mãe, a professora Maria Dimpina Lobo Duarte, foi a primeira estudante a ingressar no Liceu Cuiabano. E o ex-presidente Eurico Gaspar Dutra.
 

 
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                   Professora Maria Dimpina/Internet

Maria de Arruda Muller

Em 13 de março de 1.979, no centenário de sua criação, a escola recebeu o nome de Liceu Cuiabano. Mais tarde, em 1.999, foi acrescentado o nome Maria de Arruda Muller, esposa do interventor Julio Muller, no governo Dante de Oliveira. 
                           
Maria de Arruda Muller/Foto Reproducao 
 
Maria Muller foi destaque na política por quase todo o século 20 e lutou pela educação e pelos direitos das mulheres. Foi homenageada pelo MEC. O nome Maria Muller é emprestado ao colégio e para intitular o troféu destinado às mulheres, criado pela secretaria de Estado da Cultura. 

Estrutura

O prédio tem arquitetura típica das obras do Estado Novo de Getúlio Vargas, Art Déco, e foi tombado como Patrimônio Cultural Estadual Edificado em 1.984.

Biblioteca

Em 2018, a escola inaugurou uma nova biblioteca com a estrutura de sala móvel através do recurso enviado pelo Ministério Público de Mato Grosso no valor 135 mil reais.  O espaço, reúne hoje um acervo literário de 430 obras de diversos autores, além de seis computadores para pesquisa e uma impressora.

Ex-Alunos

Para saber quem se formou na instituição basta passar pelos corredores da escola que verã as fotos dos ex-alunos. Uma tradição da unidade é colocar no porta-retratos a foto oficial dos formandos.
                      Formandos 2002/Foto Arquivo Pessoal

O Liceu é um colégio que atende cerca de 1.600 alunos em Cuiabá e sua importância para a formação dos cuiabanos e cuiabanas é indispensável. Forma uma média de 500 alunos por ano, que é parte considerável da sociedade, que chega apta ao mercado de trabalho.

Escola Estadual Liceu Cuiabano “Maria de Arruda Milher” completa 140 anos no dia 03 de dezembro deste ano. A instituição também se destaca pela banda e percussão assim como atividades, esportiva e cultural.
 
Assista Ao Vivo
 
Sitevip Internet