Mato Grosso,
Quarta-feira,
19 de Junho de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias / Cuiabá 300 anos

02/04/2019 | 08:16 - Atualizada em 02/04/2019 | 08:41

Conheça as personalidades que dão nomes as ruas de Cuiabá

Redacao Geiseane Lemes

Conheça as personalidades que dão nomes as ruas de Cuiabá

Fernando Correa da Costa

Foto: Reprodução

Entre ruas e avenidas da capital mato-grossense existe uma história. Algumas personalidades foram homenageadas com os nomes de vias públicas da cidade. Confira quem são essas pessoas.
Fernando Correa da Costa 

Foi um médico e político brasileiro, tendo ocupado o cargo de senador e de governador de Mato Grosso por dois mandatos. E nome de uma das principais avenidas de Cuiabá que liga diversos bairros. 

A sua carreira política foi consequência de sua fama como cirurgião. Em 1950 elege-se governador do Estado, cargo que voltaria a ocupar em 1961. 

Como governador sua maior preocupação foi com a energia elétrica e transporte. Nos períodos entre 1959 e 1961 e 1967 a 1975, ocupa o cargo de senador da República pelo Estado de Mato Grosso, encerrando sua carreira política em 1975.

Foi professor da Faculdade Mato-grossense de Odontologia e Farmácia de Campo Grande, instituição que posteriormente daria origem à Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).
Fernando Correia da Costa faleceu em Campo Grande no dia 2 de dezembro de 1987.

Isaac Povoas 

                    
Nome dado a avenida que liga bairros da região central. Isac Povoas (assim era escrito) Nasceu em Cuiabá-MT, descendendo de Pedro Fernandes Póvoas e Galdina Virgínia Póvoas. Foi Diretor da Instrução Pública (hoje Secretário de Estado de Educação). 

Mais tarde, dirigiu a Tipografia Oficial (hoje Iomat), tendo também ocupado os cargos de Delegado de Polícia e Secretário do Interior, Justiça e Finanças. Na política, foi Prefeito Municipal de Cuiabá, numa administração notável. Ocupou também os cargos de Presidente do Conselho Administrativo do Estado e Presidente da Caixa Econômica Federal, em Mato Grosso.

O jornalismo foi uma de suas vocações, tendo colaborado nas revistas Nova Época, A Reação, A Liça, O Democrata, O Município, O Correio do Estado, O Estado de Mato Grosso, diretor de O Social Democrata, assim como na Revista da Academia Mato-Grossense de Letras.

Membro do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso, instituição que dirigiu entre os anos 1956 a 1970, deixou publicadas as obras Dois discursos de oportunidade (1930). Escritos: Depoimentos e Cartas (1987) (Coleção Mato Grosso: História) e Centenário de seu nascimento: escritos, depoimentos, cartas (1987). Faleceu em Cuiabá, a 1º de outubro de 1970.

Miguel Sutil 
 
A Avenida Miguel Sutil contorna toda a cidade de Cuiabá. Começa na Ponte Nova e vai até a Avenida Carmindo de Campos, no bairro Dom Aquino.
                 
                                                  Avenida Miguel Sutil. Foto Reproduca/Internet

Miguel Sutil de Oliveira foi um bandeirante paulista, sorocabano, do século XVIII, filho de Sebastião Sutil de Oliveira e Maria Fernandes. Descobriu, em 1722, as minas de ouro à beira do córrego da Prainha, próximo de onde hoje está a igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, estabelecendo ali uma pequena lavra a qual logo cresce devido o grande deslocamento populacional tanto da Forquilha quanto de outras regiões. 

O trabalho era executado basicamente por escravos e homens livres. A partir das margens do rio Cuiabá, começou a explorar a região onde a cidade de Cuiabá começou. Essas minas de ouro foram inicialmente conhecidas como "lavras do Sutil" e, posteriormente por minas do Senhor Bom Jesus do Cuiabá, descobertas por acaso pelos índios do arraial de Miguel Sutil.  As Minas de Cuiabá atraíram aventureiros de várias regiões.

Getúlio Vargas 

Getúlio Dornelles Vargas foi presidente do Brasil em dois períodos. O primeiro período foi de 15 anos ininterruptos, de 1930 até 1945, e dividiu-se em 3 fases: de 1930 a 1934, como chefe do "Governo Provisório"; de 1934 até 1937 como presidente da república do Governo Constitucional, tendo sido eleito presidente da república pela Assembleia Nacional Constituinte de 1934; e, de 1937 a 1945, como ditador, durante o Estado Novo implantado após um golpe de estado. Cometeu suicídio no ano de 1954, com um tiro no coração

A Avenida Presidente Getúlio Vargas é uma das principais avenidas da região central de Cuiabá. Hoje a avenida abriga prédios e o Cine Teatro de Cuiabá. A avenida foi inaugurada na década de 1940, no período da interventoria de Júlio Müller.
  
              
                                         Avenida Getulio Vargas em 1980/Foto Reproducao 


               
                                                       Avenida Getulio Vargas 2018


  Rubens de Mendonça 

A Avenida Historiados Rubens de Mendonça ou mais conhecida como Avenida do CPA foi criada com intuito de ligar o então bairro/cohab do CPA, projetado para abrigar a moradia dos então servidores do estado e o novo Centro Político Administrativo estadual, mas conhecido como CPA, e assim a avenida passou a ser chamada também de Avenida do CPA.
         
                                                    Avenida Rubens de Mendonca 1986

A Avenida tem esse nome em Homengem a Rubens de Mendonça que foi um grande historiador de Cuiabá e Mato Grosso e que veio a falecer em 1983, pouco antes do lançamento da Avenida. Por volta de 1986, era somente um descampado e uma avenida sem nada.

Rubens de Mendonça nasceu em Cuiabá-MT em 1915, descendendo de Estevão de Mendonça e de Etelvina Caldas de Mendonça. Foi um dos grandes expoentes da literatura e poesia modernas, colaborando também e de forma expressiva para a historiografia mato-grossense.

Como jornalista, contribuiu nos periódicos: Correio da Semana, A Batalha, O Social Democrata, O Estado de Mato Grosso, Correio da Imprensa e o Diário de Cuiabá. Nesse último, escreveu, por longos anos, artigos na coluna Sermão aos Peixes, sobre os costumes e personalidades regionais.

Pertenceu ao Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso, instituição que lhe concedeu o título de Secretário Perpétuo, graças a sua brilhante atuação. 



Foto Reproducao


 
 
Assista Ao Vivo
 
Sitevip Internet