Mato Grosso,
Quarta-feira,
20 de Novembro de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias / Variedades

08/07/2019 | 10:56

Golpe dos 50% de desconto: Procon orienta sobre fraude em boletos

O Livre

Golpe dos 50% de desconto: Procon orienta sobre fraude em boletos

Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre

Clientes da operadora de internet, telefone e TV por assinatura NET estão recebendo boletos que concedem 50% de desconto no valor da fatura mensal. O documento, entretanto, é fraudulento.

A confirmação é da própria empresa, que não informou se houve uma invasão em seu banco de dados e nem o tamanho do prejuízo, mas que sustenta vir tentando abonar todas os clientes que foram vítima do golpe.

O Procon de Mato Grosso ainda não tem dados de quantas pessoas foram atingidas em todo o Estado. O alerta do órgão é para que os clientes prejudicados procurem uma unidade de defesa do consumidor, assim como a própria empresa.

Coordenador de atendimento e orientação do Procon-MT, Euzimar Nascimento Siqueira afirma que além da NET, a fraude também estaria sendo aplicada em clientes de operadoras de cartão de crédito.

Ele afirma que o Procon ainda não sabe como, mas que dados dos clientes são vazados e os golpistas os usam para enviar boletos falsos, o que pode acontecer via Correios ou e-mail.

O conselho que ele dá para evitar ser enganado é verificar se o documento tem alguma diferença daquele que o cliente recebe normalmente. Erros de digitação, são um exemplo.

Além disso, o consumidor deve procurar a empresa, via telefone ou de forma presencial, para confirmar se o desconto é mesmo real ou não. Se a dúvida persistir, o próprio Procon pode ajudar a verificar a autenticidade do boleto.

Responsabilidade
“Acima de tudo, a empresa é responsável, sim”, sustenta Euzimar Nascimento Siqueira. De acordo com ele, o Código de Defesa do Consumidor prevê que o fornecedor é responsável por vícios em seus produtos ou serviços.

“Ou seja, se alguém, de maneira indevida usou de má fé e quebrou o sigilo de dados do consumidor que é de responsabilidade da empresa e está usando isso para criar boletos fraudulentos, é responsabilidade da empresa, sim. Ela tem que criar meios de segurança para evitar esse tipo de fraude”, destacou.

Ainda segundo o coordenador, o cliente que passar por essa situação precisa primeiro entrar em contato com a empresa, anotar o protocolo de atendimento e, se não tiver o problema resolvido, registrar a situação no Procon.



O golpe
A reportagem do LIVRE teve acesso a uma das vítimas do golpe, que preferiu não se identificar. A cliente recebeu o suposto desconto de 50% na conta de telefone de maio – com o consumo referente ao mês de abril – e não pensou duas vezes antes de pagar. O receio era perder a “proposta” oferecida.

O boleto chegou via e-mail e tinha todas as característica da empresa. Além disso, constavam nele o nome completo da vítima, seu CPF e endereço  onde a linha telefônica estava instalada.

A cliente só desconfiou da fraude quando o pagamento demorou a ser processado e ela teve o serviço cortado. Ao ligar na ouvidoria da empresa, a mulher foi orientada a enviar um e-mail com a fatura e o comprovante de pagamento do boleto fraudulento.

No comprovante, o pagamento foi direcionado para IGFW Soluções, cujo CNPJ seria o 22.950.118/0001-11. A reportagem do LIVRE consultou o número em sites de consulta e não encontrou o número que consta no boleto fraudulento.

Outro lado
Ao LIVRE a NET não negou ter sido vítima da fraude ou de acesso indevido ao seu sistema. Também não informou o valor do prejuízo causado até agora, nem como os clientes atingidos devem proceder.

A NET afirmou somente que uma onda de golpes tem afetado diversas empresas do país e que constantemente trabalha para identificar fraudes e proteger os consumidores dos serviços que presta.

Destaca que o único e-mail por meio do qual envia boletos é o fatura.net@suafaturanet.com.br e que não concede descontos automáticos. Alerta ainda que antes de finalizar o pagamento, o cliente precisa estar atento ao nome do destinatário do dinheiro.

Em caso de dúvidas, a empresa diz que o cliente pode entrar em contato pelo telefone 10621. Por meio dele é possível confirmar o valor da fatura e pedir a segunda via do boleto pelo aplicativo Minha NET ou no site net.com.br.
 
Assista Ao Vivo
 
Sitevip Internet