Mato Grosso,
Quinta-feira,
19 de Setembro de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias / Mais Conectado

09/07/2019 | 08:45

Instagram cria ferramenta antibullying que perguntará: 'Você tem certeza?'

R7 Notícias

Empresa usará inteligência artificial para identificar comentários abusivos antes de serem postados e enviar mensagem a autor; plataforma também testará recurso 'restringir', que permite que usuários filtrem comentários abusivos sem ter de bloquear ninguém.

O Instagram acredita que sua nova ferramenta contra bullying – que pede para os usuários reconsiderarem o que estão escrevendo – pode ajudar a conter abusos na plataforma.

Ela também permitirão, em pouco tempo, que usuários que estejam sofrendo ataques restrinjam as interações com usuários que estão lhe causando problemas.

A empresa tem estado sob pressão para lidar com o problema do bullying depois que diversos casos chamaram a atenção do público, como o suicídio da adolescente britânica Molly Russell.

O diretor-executivo do Instagram, Adam Mosseri, admitiu que a firma "poderia fazer mais" sobre o assunto em uma postagem do blog da plataforma.

"Podemos fazer mais para prevenir o bullying no Instagram, e podemos fazer mais para empoderar os alvos de bullying para que eles se defendam", escreveu Mosseri.

"Essas ferramentas são baseadas em uma compreensão profunda sobre como as pessoas atacam umas às outras e sobre como elas respondem ao bullying no Instagram, mas elas são apenas pequenos passos em um longo caminho."

'Repense'

O Instagram diz que está usando inteligência artificial para reconhecer textos parecidos com posts que as pessoas mais notificam como sendo inapropriados.

Em um exemplo, a pessoa escreve "você é tão feio e burro", e a plataforma a interrompe com uma mensagem: "Tem certeza que quer publicar isso? Entenda".

Se o usuário clica em "entenda", um aviso informa: "Estamos pedindo para os usuários repensaram comentários parecidos com outros que foram notificados como inapropriados."

A pessoa pode ignorar a mensagem e comentar mesmo assim, mas o Instagram diz que testes preliminares mostraram que a mensagem "encoraja algumas pessoas a não comentar aquilo e compartilhar algo menos ofensivo depois de ter tido a chance de refletir".

Por enquanto, a ferramenta está sendo disponibilizada primeiro para usuários que falam inglês, mas o Instagram disse à BBC que o plano é torná-la disponível para o mundo todo.
 
Assista Ao Vivo
 
Sitevip Internet