Mato Grosso,
Domingo,
15 de Setembro de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias / Educação

25/07/2019 | 08:17

Grevistas acampam e fazem vigília na Assembleia para pressionar deputados

Gazeta Digital

Grevistas acampam e fazem vigília na Assembleia para pressionar deputados

Foto: Reprodução

Os servidores da educação em greve acamparam e dormiram na Assembleia Legislativa na noite de terça-feira (23). Em greve há 59 dias, a categoria tenta pressionar os deputados a cobrarem uma proposta do governo.

Durante a semana, os grevistas intensificaram o calendário de mobilizações, com protesto de servidores acorrentados, carro de som na reinauguração da Santa Casa e o acampamento.

Na vigília realizada pelos servidores, teve até protesto à luz de velas, que formavam o número 510, que representa a lei 510/2013, legislação sobre a dobra do poder de compra da categoria.

 Os grevistas dormiram em barracas instaladas na frente da Casa de Leis e também nas dependências da Assembleia, com colchonetes e camas improvisadas.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep), os manifestantes permanecerão acampados até quinta-feira (25), mas o período pode ser estendido caso sejam abertas sessões extraordinárias.

Durante a inauguração do Hospital Estadual Santa Casa, na manhã de terça-feira (24), o governador Mauro Mendes (DEM) voltou a repetir que a situação financeira do Estado é a mesma, o que impossibilita o cumprimento da lei de carreira dos profissionais da educação. “Estamos estourados na LRF, 58%. Isso mudou? Não, não mudou. Não tem como eu mudar”.

Em janeiro a categoria também acampou na Assembleia, como forma de protestar contra a aprovação do “pacotão de projetos” de Mendes, que incluiu critérios para o pagamento da revisão geral anual (RGA).
 
Assista Ao Vivo
 
Sitevip Internet