Mato Grosso,
Domingo,
17 de Novembro de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias / Política

06/08/2019 | 12:12

​Projeto de lei deve evitar suspensão de coleta de lixo em condomínios

Redação TVmaisnews

​Projeto de lei deve evitar suspensão de coleta de lixo em condomínios

Foto: Reprodução

Um projeto de lei deve ser apresentado com o objetivo de mudar o conceito de que condomínios em Cuiabá são grandes geradores de resíduos sólidos. A resolução foi proposta durante audiência pública realizada na segunda-feira (5) pelo vereador Diego Guimarães (Progressistas).

“Os condomínios precisam ser tratados de forma generalizada e não como grandes geradores de resíduos. Isso deve acabar de vez com essa interpretação que pode futuramente trazer notificações e multas como já aconteceu”, explicou o parlamentar.

Além disso, o vereador solicitou da prefeitura - representada na audiência pelo coordenador de resíduos sólidos do município, Anderson Matos - um cronograma de implantação da coleta seletiva por condomínio. Outra proposta feita pelo parlamentar foi a qualificação dos moradores para a realização de coleta seletiva.

“Foi informado para nós que existem educadoras dentro da Secretaria. Então porque não produzir um vídeo educativo. Todo dia surge um condomínio novo. É preciso pensar em um algo que seja mais prático de comunicar. A prefeitura gasta R$ 40 milhões ao ano com comunicação institucional que é para isso e não para promover o prefeito”, disse Guimarães.

Outra solicitação do vereador foi a abertura do aterro municipal aos resíduos provenientes dos condomínios, já que eles não são considerados grande geradores. Na última semana uma notificação foi emitida pelo Executivo Municipal em face da suspensão dos serviços de coleta de lixo nos condomínios.

Anderson Matos elogiou a audiência que recebeu síndicos, representante do Ministério Público e moradores de vários bairros da cidade. “A responsabilidade do lixo não é só do poder público, mas sim de todos nós. Foi divulgado que a coleta nos condomínios seria suspensa o que é uma inverdade. O que foi cobrado é apenas a coleta seletiva”, explicou o coordenador da prefeitura  ao ressaltar que a prefeitura vai estudar todas as solicitações feitas pela Câmara de Vereadores.  (Com assessoria)
 
Assista Ao Vivo
 
Sitevip Internet