Mato Grosso,
Terça-feira,
17 de Setembro de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias / Saúde

22/08/2019 | 09:13

Saúde de Cuiabá inova com palestra lúdica e desmistifica crenças históricas sobre amamentação

Secom Prefeitura de Cuiabá

Saúde de Cuiabá inova com palestra lúdica e desmistifica crenças históricas sobre amamentação

Foto: Secom Prefeitura de Cuiabá

Neste mês de agosto, cujo calendário nacional de Saúde é marcado pela intensificação das ações de conscientização e esclarecimento à população sobre a amamentação, as unidades de saúde de Cuiabá vêm inovando com abordagens lúdicas e, com isso, desmistificando crenças e mitos populares históricos acerca do tema.

Nesta quarta-feira (21), mais de 100 pacientes entre gestantes, lactantes e puérperas, atendidas nos Programas de Saúde de Família (PSFs) Serra Dourada I e II puderam atestar este novo método por meio de palestra ministrada pela enfermeira municipal, Izadora Ribeiro. Com apetrechos representativos, a profissional ressaltou a importância do aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida, e ainda orientou sobre diversas formas de realizar a amamentação visando o bem estar dos recém-nascidos e das mães.

“Embora o leite materno seja o melhor alimento que a criança pode receber em seus primeiros meses de vida, muitas mães deixam de ofertá-lo por dor, ou medos que vêm sendo disseminado historicamente, como o de que o leite materno é fraco e insuficiente para sustentar o bebê. Então, além de desmistificar esses e outros mitos, nosso papel nessas palestras e rodas de conversa é apoiar incondicionalmente essas mães para que compreendam que o gesto de amamentar é fundamental para o crescimento saudável do bebê e fortalecimento do vínculo mãe e filho”, destacou Ribeiro.

Mãe de quatro filhos, Luana Campos de 23 anos, ressaltou que estes mitos sempre estiveram presentes em sua vida e, inclusive, foram os motivos dela não ter amamentado corretamente seus três primeiros filhos. “Essa palestra foi emocionante esclarecedora para mim. Os meus três primeiros filhos não foram amamentados corretamente porque me diziam que meu leite não sustentava. E só agora, no meu quarto bebê é que eu compreendi que tudo isso era mentira. Graças a esse evento, poderei fazer diferente dessa vez”, frisou.

Além das palestras, o evento que foi promovido com a ajuda de toda a equipe técnica da unidade, em parceria com o Núcleo de Atenção à Saúde da Família - NASF Norte, também orientou sobre a estrutura dos bancos de leite em Cuiabá. Dentre eles, estão o Hospital Geral Universitário (HGU), que recebeu pelo quinto ano consecutivo o certificado ouro de excelência em Bancos de Leite Humano e o Hospital Júlio Müller. Nesses dois locais são feitos a captação, processamento, pasteurização e armazenamento do leite materno, que é disponibilizado para o aleitamento de recém-nascidos e bebês prematuros que não podem ser amamentados pela mãe.

De acordo com a diretora de Atenção Básica, Mirian Naschenveg, até o fim do mês as ações de conscientização intensificadas continuarão nas unidades de saúde, sendo que o encerramento será na Regional Sul, na próxima sexta-feira (26) na zona urbana e no sábado (27) no Distrito da Guia.  “Durante toda essa semana, daremos sequência às ações em unidades, e para fechar com chave de ouro vamos fazer um grande evento na sexta, no Sesc no bairro São João Del Rey, com a presença de toda a comunidade. E no sábado estaremos na Guia com a população rural”, finalizou.  
 
Assista Ao Vivo
 
Sitevip Internet