Mato Grosso,
Domingo,
15 de Setembro de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias / Brasil

03/09/2019 | 10:25

Mais de 130 cidades de MT devem receber repasses para equipar salas de vacinação

HiperNotícias

Mais de 130 cidades de MT devem receber repasses para equipar salas de vacinação

Foto: Tomaz Silva

O Ministério da Saúde anunciou um repasse no valor de R$ 44,2 milhões para os municípios com até 100 mil habitantes. Em Mato Grosso, 136 cidades estão dentro dessa faixa populacional. Dessa forma, 96% dos municípios do Estado devem ser contemplados com o montante federal, que será investido na equiparação de salas de vacinação dos centros de saúde.

O anúncio do repasse federal foi feito nesta segunda-feira (02), após a Sétima Reunião Ordinária da Comissão de Intergestores Tripartite (CIT). O dinheiro será utilizado em câmaras frias para ampliação das estruturas de armazenamento de vacinas e imunobiológicos.

“Entre as vantagens da câmara fria estão o controle real da temperatura e sua distribuição homogênea, o processamento dos dados que permite acompanhar qualquer alteração no equipamento e ainda a disponibilização de bateria, caso ocorra queda de energia. Com isso, é possível garantir a qualidade e a eficácia da vacina aplicada na população, além de evitar a perda desses insumos por conta das variações de temperatura”, explica o diretor do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis, Julio Croda.

Ainda não se tem prazos para a distribuição do repasse e nem qual será o valor distribuído para os municípios de Mato Grosso.

Vacinação

Sem repasses por parte do Ministério da Saúde, a vacina pentavalente está em falta em algumas unidades de saúde de Cuiabá. Por meio de um comunicado, a Prefeitura da Capital alertou sobre a ausência da vacinação nesta quarta-feira (28) e antecipou que novos lotes só devem ser disponibilizados em outubro.

A escassez da vacina tem alcançado diversos estados do país por conta de a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ter interditado 3,2 milhões de doses da pentavalente neste mês.

Segundo a autarquia, a empresa que produz a vacinação, a multinacional indiana Biological, teria descumprido requisitos de qualidade provocando o recolhimento de diversas doses da pentavalente.
 
Assista Ao Vivo
 
Sitevip Internet