Mato Grosso,
Sexta-feira,
21 de Fevereiro de 2020
informe o texto a ser procurado

Notícias / Cidades

17/01/2020 | 11:19 - Atualizada em 17/01/2020 | 11:21

Janaina Riva pede exoneração de assessor suspeito de participar de roubo em sua residência

Redação TV MaisNews

Janaina Riva pede exoneração de assessor suspeito de participar de roubo em sua residência

Foto: Reprodução

A Assembleia Legislativa exonerou no último dia 09 o assessor parlamentar Odnilton Gonçalo Carvalho Campos, preso em 06 de janeiro acusado de participação no roubo à residência da deputada Janaina Riva (MDB). O pedido de exoneração partiu do gabinete da própria deputada, para quem o servidor trabalhava diretamente. Ele tinha um salário de R$ 12 mil e atuava como motorista da emedebista.

Conforme apurou a reportagem, o ato de exoneração de Odnilton já foi lançado no sistema do Legislativo, mas ainda aguarda assinatura do presidente e do primeiro-secretário da Casa, deputados Eduardo Botelho (DEM) e Max Russi (PSB), respectivamente, para ser publicado.

Odnilton foi um dos presos na ‘Operação Judas Iscariotes’. Ele é apontado como uma das pessoas de confiança da família. As investigações tiveram início após o registro do roubo, ocorrido no dia 24 dezembro, e identificaram mais cinco pessoas envolvidas no crime.

O delegado Guilherme Fachinelli preside o inquérito e representou pelos cinco pedidos de prisões e quatro mandados de buscas, deferidos pelo juiz plantonista da Comarca de Cuiabá.

O mandado contra o servidor da Assembleia Legislativa de Mato Grosso teria sido cumprido na casa da parlamentar, já que o homem seria motorista de Janaína Riva. Isso teria inclusive facilitado a entrada dos criminosos na casa da deputada, já que os bandidos usaram o controle do portão.

Feita refém

O crime ocorreu na madrugada de 24 de dezembro quando dois homens invadiram a residência no bairro Santa Rosa, onde mora a deputada estadual Janaína Riva e seu esposo, o empresário Diógenes Fagundes, filho do senador Wellington Fagundes. No momento do roubo, apenas o casal estava em casa. Os dois acordaram com os bandidos já dentro do quarto onde dormiam.

Segundo relato das vítimas, conforme observado nas câmeras de monitoramento da casa, os homens conseguiram abrir o portão eletrônico e seguiram para o quarto do casal, agindo com agressividade e truculência, apontando as armas.

(Por Olhar Direto)
 
Assista Ao Vivo
 
Sitevip Internet