Mato Grosso,
Sexta-feira,
21 de Fevereiro de 2020
informe o texto a ser procurado

Notícias / Variedades

17/01/2020 | 12:14

Irmãos criam marca de roupas inspiradas no café

Redação TV MaisNews

Irmãos criam marca de roupas inspiradas no café

Foto: Reprodução

Segundo informações levantadas pela Agência Brasil, o mercado de café no Brasil cresce a uma média de 2% ao ano. E esse aumento vai muito além do consumo tradicional, que virou rotina de muitas famílias em todas as regiões do País. Seguindo a esteira das cervejas e carnes especiais, esse mercado vem sofrendo uma crescente gourmetização. Essa tendência não passou desapercebida pelos irmãos Milena e Felipe Liberal. “De oito anos para cá, percebemos que o café está crescendo não apenas como uma bebida, mas como um estilo de vida”, diz Felipe.

Os dados levantados pela Agência Brasil também corroboram essa perspectiva. No caso de cafés especiais – notoriamente mais caros e mais saborosos -, o mercado apresenta um crescimento de 7% ao ano. E onde o consumo aumenta, as oportunidades de negócios crescem proporcionalmente. Em 2018, os irmão Liberal perceberam que não poderiam ficar de fora.

Os dois amantes de café não queriam se ater a negócios tradicionais, como cafeterias e afins, mas inovar. A ideia era explorar um mundo que vai além do ato de consumir a bebida, se aprofundar no estilo de vida e subjetividade que o líquido proporciona para seus usuários. Mas, como fazer isso?
         
A resposta para essa pergunta vem recheada de criatividade e estilo: eles criaram uma marca de roupas inspirada na bebida.

Interpretação e identidade

Lançada em outubro de 2018, a Use Café une simplicidade e estilo em uma linha de camisas. São diversas cores e estampas, que vão desde os dizeres “Café com leite” até o “Café Preto” - que, segundo Felipe Liberal, é um sucesso de vendas.

A simplicidade dos produtos é algo proposital. Ela deixa aberta uma subjetividade que permite que seus usuários atribuam o significado que desejarem às peças. Um dos exemplos citados é o caso de um homem que usou a camiseta “Café Preto” como uma manifestação de identidade racial. “Foi uma interpretação que não estava no conceito original do produto, mas faz parte da nossa proposta”, explica Felipe.

Tal proposta é justamente o motivo dos sócios terem escolhido investir em uma marca de vestuário. Milena e Felipe encaram as camisetas como um canal de comunicação entre as pessoas. “Se você quer passar uma mensagem, nada melhor que a estampar no peito.”

Desafios e parcerias

Segundo Felipe, no início, o maior desafio da empresa foi transmitir seu conceito para os consumidores. Esconder o logo da marca, deixando-o apenas na parte de dentro das peças, foi uma das estratégias encontradas. Dessa forma, o foco dos clientes é inteiramente direcionado para as estampas.

Iniciada com um investimento de R$ 20 mil, angariados a partir de recursos próprios de Milena e Felipe e empréstimos bancários, a marca começou a decolar no início de 2019. Foi nessa época que os empreendedores firmaram uma parceria estratégica com a Livraria Cultura.

Os irmãos apresentaram os produtos para a gerente de uma das unidades da rede e a negociação durou quatro meses. A primeira unidade a receber os produtos da Use Café foi a do Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, em São Paulo. Hoje, é possível encontrar produtos da marca em unidades de outras quatro cidades: Recife (PE), Ribeirão Preto (SP), Porto Alegre (RS) e Brasília (DF).

A Use Café não divulga o faturamento ou unidades vendidas em 2019, mas afirma que, após a parceria, as vendas aumentaram em torno de 130%.

Os sócios continuam abertos para parcerias, mas para que o negócio seja fechado, as empresas precisam estar alinhadas ao conceito da Use Café. A próxima fase, segundo os irmãos, é diversificar mais a linha de produtos. A intenção é incluir bonés, meias e moletons no portfólio da marca em 2020.

(Com Pequenas Empresas Grandes Negócios)
 
Assista Ao Vivo
 
Sitevip Internet