Mato Grosso,
Quinta-feira,
18 de Agosto de 2022
informe o texto a ser procurado

Notícias / Você viu?

06/02/2020 | 08:20 - Atualizada em 06/02/2020 | 09:13

Bagagens de mão começam a ser cobrados por companhias Low Cost no Brasil

Redação TV Mais News

As companhias aéreas de baixo custo (low cost) chegaram há pouco tempo ao Brasil cobrando mais barato pelas passagens. No entanto, todos os serviços adicionais são cobrados, até mesmo o transporte da bagagem de mão de até 10kg, que são levadas em cima do assento. Agora, os passageiros só podem levar uma mochila, que deve ser transportada embaixo da poltrona da frente.

De acordo com a matéria da Uol, a Norwegian cobra R$ 42,95, enquanto o preço para levar uma mala de mão na JetSmart varia de acordo com o momento da compra, disponibilidade, data de voo e rota, podendo chegar a mais de R$ 140. Na rota de Salvador a Santiago durante o Carnaval, o preço para uma mala de mão na JetSmart era de R$ 143.
 
Ainda conforme a reportagem, a chilena JetSmart opera voos de Salvador (BA) e Foz do Iguaçu (PR) para Santiago (Chile) e em março inicia a rota entre São Paulo e Santiago. As tarifas da companhia dão direito apenas a uma mochila com tamanho máximo de 45 centímetros de altura, 35 centímetros de largura e 25 centímetros de profundidade para ser colocada embaixo do assento.
 
Atualmente, três companhias de baixo custo atuam no Brasil. Na época das discussões sobre o tema, o diretor Presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), José Ricardo Botelho, defendeu a manutenção da Resolução nº 400, de 13 de dezembro de 2016, que dispõe sobre as Condições Gerais de Transporte Aéreo (CGTA). “Só a concorrência permite incluir mais cidadãos no transporte aéreo público”, disse.
Fonte: Olhar Direto
 
Assista Ao Vivo
 
Sitevip Internet