Mato Grosso,
Terça-feira,
22 de Outubro de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias / Saúde

26/05/2017 | 14:12

Parar de fumar gera benefícios ao corpo em um curto período

Christiana Ribeiro

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que aproximadamente 17,5 milhões de pessoas morrem todos os anos vítimas de doenças cardiovasculares no mundo. Para a entidade, os fatores de risco mais significativos são dietas não-saudáveis, sedentarismo, tabagismo e consumo abusivo de álcool. Um levantamento do Ministério da Saúde aponta que cerca de 10% da população brasileira adulta é fumante e acrescenta que o tabagismo é responsável por 200 mil mortes anuais – o número está relacionado a 90% dos casos de câncer de pulmão, sendo a maior causa de morte evitável.

Para Roberto Cândia, cardiologista que integra o corpo clínico do laboratório Cedic Cedilab, o cigarro está associado a 30% das mortes por câncer em geral, 90% por câncer de pulmão, 25% por doença coronariana e 30% por acidente vascular cerebral (AVC). “O cigarro é considerado um dos principais fatores de risco para as doenças cardiovasculares, podendo levar ao aumento da pressão arterial, da frequência cardíaca, dos níveis do colesterol ruim (LDL) e triglicerídeos, além de diminuir o colesterol bom (HDL)”, afirma.

 

As consequências do tabaco ao sistema circulatório são graves, causando lesões nos vasos sanguíneos, o que dificulta a liberação de substâncias vasodilatadoras. Além disso, o cigarro faz com que eles percam a flexibilidade, se tornando mais rígidos. “Todos os problemas envolvendo o sistema circulatório agravam a saúde do corpo. As artérias do coração são prejudicadas, a pressão sanguínea sobe e a formação de placas de gordura são estimuladas, podendo levar à obstrução ”, destaca.

 

Para os fumantes, o especialista destaca que nunca é tarde para largar o hábito. “Eles pensam que após muitos anos de vício, o corpo não sentirá os benefícios após abandonar o hábito, o que é um grande equívoco. Após 20 minutos sem fumar, a pressão arterial e a frequência cardíaca voltam ao normal. Em 24 horas a quantidade de monóxido de carbono no sangue cai pela metade e em menos de 1 ano a capacidade respiratória melhora em 10%”, explica.  Além disso, o médico acrescenta que em 2 anos a chance de infarto cai pela metade, e em 10 anos um ex-tabagista terá o mesmo risco de infarto e de desenvolver um câncer que um indivíduo que nunca fumou.

 

Sobre o Cedic Cedilab

O Cedic Cedilab atua na área de medicina diagnóstica em Mato Grosso e tem como princípio a excelência no atendimento e máxima eficiência na realização de exames laboratoriais e de imagem. O Cedic Medicina Diagnóstica foi fundado em 1995 e o Cedilab Medicina Laboratorial, em 2000.  A união das duas marcas tem o objetivo de oferecer as melhores soluções em exames laboratoriais e diagnóstico por imagem em um só local, garantindo conforto e conveniência ao cliente. São mais de três mil tipos de exames oferecidos em 6 unidades de atendimento em Cuiabá e Várzea Grande. Além disso, o Cedilab possui as certificações ISO 9001, de gestão de qualidade; ISO 14001, de gestão ambiental; o Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos (PALC); e a Proficiência em Ensaios Laboratoriais (PELM) há mais de 10 anos. O Cedic Cedilab investe constantemente em tecnologia e equipamentos de ponta e possui uma equipe médica composta por profissionais altamente capacitados.

 
Assista Ao Vivo
 
Sitevip Internet