Mato Grosso,
Quinta-feira,
24 de Outubro de 2019
informe o texto a ser procurado

Vídeos

17/09/2019 | 10:26 | Duração: 00:00:36

Termômetro registra mais de 60ºC em chão no Centro de Cuiabá; veja

No dia em que registrou a maior temperatura dos últimos 108 anos, ao atingir 42,3ºC, o chão do Centro de Cuiabá chegou a marcar mais de 60ºC. Isso é o que mostra o vídeo feito pelo empresário Cesar Laércio Albring, feito na última segunda-feira (16), utilizando um termômetro apontado para o cimento da sua calçada.
 
“Temperatura de Cuiabá na rua, neste momento, no sol, o piso está a 60ºC”, diz o proprietário da Multicar. Ao apontar o aparelho para a parede da loja, que fica na sombra, é registrada a temperatura superior a 41ºC.

“Nós trabalhamos com ar condicionado veicular, atendemos todo o Estado e como estava muito quente, resolvemos fazer o teste para ver em quanto estava a temperatura. As pessoas estão reclamando muito de defeito de ar. Ficamos impressionados”, acrescentou o empresário, em entrevista ao Olhar Direto.
 
Cuiabá voltou a bater recorde de calor e, desta vez, não só deste ano. A tarde desta segunda-feira (16) foi a mais quente em 108 anos. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou 42,3ºC às 14 horas (horário de Mato Grosso). Neste ano, os termômetros já haviam chegado aos 42ºC, o que era o recorde de 2019.
 
O recorde de calor histórico anterior em Cuiabá era de 42,2°C em 6 de outubro de 1940. Esta é a maior medição desde 1911, quando tiveram início as medições.
 
O Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), órgão ligado ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), aponta que nesta terça-feira deverá ter máxima de 40ºC e a mínima de 24ºC.
 
Assista Ao Vivo
 
Sitevip Internet